Popular Post

Posted by : Space_aye




Quem vê a Sic Radical já deve estar farto de saber que estão abertas as inscrições para uma versão portuguesa de “Shark Tank”, um programa onde um grupo de 4 ou 5 biscoitos achatados cheios de pastel chulam o pastel e as ideias dos pobretanas que lá aparecem a pedir investimento. Como nós os gárgulas gostamos bastante desse programa (faz-nos lembrar o governo), decidimos fazer uma versão à la gárgula deste programa televisivo. E acreditem, é isto que se vai passar quando o programa começar a dar. Enjoy!


O Tanque dos Tubarões (versão portuguesa)


Presentadora – Bem-vindos ao Tanque dos Tubarões! Um programa onde você acredita que ainda há almas caridosas neste mundo e que por acaso essas almas caridosas seriam milionários! Quão ingénuo...

Estes são os nossos “tubarões”:

Belmiro de Azevedo

Este empresário do retalho é dono da cadeia de supermercados Modelo-Continente, da empresa de construção Sonae, da empresa Efanor e ainda do jornal Público. É especialista em fazer dinheiro com a compra e venda de ações e também em fazer interpretações “ousadas” da lei. Ele foi durante anos o homem mais ricod e Portugal.

Américo Amorim

Este indivíduo é o segundo homem mais rico de Portugal. É o único empresário do país que detém a maioria do mercado mundial de um bem específico, a cortiça. É dono da corticeira Amorim, tem poderosos interesses imobiliários e investimento em alguns dos maiores bancos nacionais. É também conhecido por se dar bem com os comunistas alentejanos.

Soares dos Santos

Este gajo é o homem mais rico de Portugal. É dono da cadeia de supermercados Pingo Doce, dos gelados Olá, do azeite Galo, entre outras empresas. É conhecido por gostar de levar o dinheiro a passar férias na Holanda e por em apenas algumas horas ter conseguido vender mais quilos de carne do que os zombies conseguiriam devorar.

PVD

Ele é o PVD. É cronista do blog mais espetacular e com maior sucesso em todo o mundo. É conhecido por gostar extremamente de coçar a micose. É também ele que paga os bilhetes de cinema de JF e Space_aye. Ele tem muito pastel.

Miguel Góis

Ele é um dos elementos de um grupo humorístico defunto do qual já ninguém se lembra. Ele é o mais idoso de todos os “tubarões”. Ninguém sabe ao certo a idade dele, mas JF diz que ele parece ser realmente bastante idoso. Além disso deve ter ganho muito pastel dos programas televisivos.


Presentadora – Vamos começar.


Ex-ministro Álvaro Santos Pereira – Olá, o meu nome é Álvaro, não sei se se lembram de mim mas eu já fui ministro da economia há coisa de um ano. Venho pedir uma reforma vitalicia em troca de 30% da minha empresa. Deixem-me apresentar o meu negócio: eu inventei o franchising dos pasteis de nata. Estive a ver com muita atenção o video do Space_aye e constatei que devia realmente haver um ministro das natas neste país, mas não há. Ou melhor, não havia, até eu ter descoberto esta ideia genial e decidido montar este negócio lá fora.

Belmiro de Azevedo – Eu gosto muito de natas, e elas tão muito boas. Um bocadito ainda a saberem a congelado, mas como eu também estou habituado a gelados porque sou dono da Olá não me chateia nada. O que me chateia é a avaliação...eu demorei 30 anos a amealhar dinheiro suficiente para se poder dizer que tenho uma reforma vitalícia, e sinceramente, não acho que o negócio valha assim tanto. Estou fora.

Américo Amorim – Olha Álvaro, gosto muito do teu fato. Mas eu de natas não percebo nada, é só mesmo de coisas que estejam relacionadas com madeira. E a canela, como todas as pessoas normais sabem, não é a “casquinha da árvore que eles rapam”. Estou fora.

Soares dos Santos – Nós no Pingo Doce já vendemos natas. Aliás, foi lá que o Space_aye as foi comprar antes de gravar o video. Como eu creio que há aqui um conflito de interesses não é ético da minha parte investir este negócio. A menos que precisasses de uma sede fiscal, porque eu aí arranjava-te na Holanda.

PVD – Parece-me um negócio porreirinho pá. Vou-te dar aquilo que pediste, porque acho que era interessante associar as tuas natas com os meus biscoitos. If you know what I mean... *faz um sorriso maroto*

Ex-ministro Álvaro Santos Pereira – Uh...não entendi, inglês era com o Sócrates, não era comigo...

Miguel Góis – Bom, eu sinceramente não sei o que é que faço aqui, até porque a TVI não paga assim tão bem, aliás, eu estive quase para falecer como os atores da TVI porque há muito tempo que não arranjo trabalho. Acho que tens aqui uma oferta muito boa do PVD e eu não poderia acrescentar mais nada. Boa sorte, estou fora.

PVD  – Então, we have a deal?

Ex-ministro Álvaro Santos Pereira – Temos sim senhor.

PVD – Porreirinho pá! *apertam as mãos*


Cena 2

Paulo Portas – Boa noite, o meu nome é Paulo Portas, mas sou mais conhecido por “Paulinho das Feiras”, porque o que eu mais gosto é de gado e cebolas.

Belmiro de Azevedo – Opa, outro ministro? Isto mais parece a Assembleia da República! Daqui a nada estão todos a pedir desculpas ao país!

Paulo Portas – Uh...venho pedir mais dois submarinos e 50 helicópteros por 10% da minha empresa. O meu negócio são os ovos estrelados. Frequentemente, eu costumava chegar a casa sem paciência para cozinhar. Além disso a minha mãe não sabe estrelar ovos. Por isso eu pensei “porque não inventar ovos que já estejam estrelados?”. Então decidi inventar este ovo inovador, branco com a gema no centro. Ele é cozido, não é estrelado. Neste momento é um dos maiores exemplos do sucesso das exportações nacionais.

Belmiro de Azevedo – Estou chocado com tamanha estupidez. Mas não digo mais nada, senão o governo ainda cai. É que eu digo mal de todos, mas no fundo adoro-os. Estou fora.

Américo Amorim – Eu de ovos não percebo nadinha. É a minha empregada que cozinha. Mas realmente parecem apetitosos, embora estejam congelados. Estou fora, mas boa sorte!

Soares dos Santos – Essa é boa! Nem os meus empregados ultraexplorados da Polónia comiam essa! Vendedor de banha da cobra! Estou fora.

PVD – Dude...ovos estrelados? Realy? Biscoitos achatados ainda vá não vá...mas ovos acho que até o Space_aye sabia estrelar. Estou fora! Va fan culo, Portas!

Miguel Góis – Já que estou aqui, e visto que sou o mais idoso, logo tenho muita experiência, vou dar a minha opinião. Isto dava um ótimo sketch para os Gato Fedorento, mas isto em si já é uma piada suficientemente boa porque não vai haver mais sketches ahahaha, perceberam? Bom...estou fora. Obrigado pelo teu tempo.

Paulo Portas – Então e os meus submarinos? Quem os vai pagar agora ao consórcio alemão?

PVD  – I don’t care. You’re killing money! Bye, go to hell!

Paulo Portas – Mas este negócio é irrevogável!

PVD – Filho, não estás à espera que acreditemos nisso, pois não?


Cena 3

Sócrates – Boa noite. O meu nome é Trocaste...uh...p-perdão, Sócrates! Fui o melhor primeiro-ministro e o mais socialista que Portugal já teve! Aliás, se o PEC 4 tivesse sido aprovado o país não estava como está, estes gajos do PSD são todos uns corruptos e mamões! Venho pedir que o António Costa vença as eleições legislativas, em troca de 50% do TGV e da OTA.

Belmiro de Azevedo – Estás doido?! Mas qual TGV? Qual OTA? Isso nunca vai existir.

Sócrates – Eu tenho fé em Thatcher...p-perdão, tenho fé em Marx de como vamos conseguir ligar-nos pela ferrovia mais rápida do mundo ao resto da Europa e que vamos ter um novo aeroporto espetacular em Lisboa!

Américo Amorim – Olha Trocaste, és um tipo engraçado. Mas eu sinceramente não tenho conhecimentos nem experiência sobre aeroportos. Para mim era forra-los a todos em cortiça e fazer aviões em forma de rolha para ficarem mais aerodinâmicos. Estou fora.

Soares dos Santos – Olha Trocaste...tu ajudaste-me a fazer o homem mais rico de Portugal, e eu gostava de te dar algo em troca. Que tal a OTA e o TGV já em 2020 em troca de privatizares o ministério da Economia e o das Finanças?

Sócrates –Privatizações é comigo. Aliás, comigo e com o José Penedos, que por cada privatização abria uma garrafa de champagne! Mas privatizar ministérios? Mas isso é o que este governo já planeia fazer. É demais mesmo para um filho da puta como eu.

PVD – Olha Trocaste, nunca gostei de ti, por isso estou automaticamente fora. Fuck you!

Miguel Góis – Olha Trocaste, eu já vivi muitos anos, mas nunca vi um primeiro-ministro que fosse tão aldrabão, tão corrupto e tão troca tintas (ao mesmo tempo) como tu! Ainda assim, se me permitires a vida eterna, eu falo com as minhas connects na TVI e na SIC e arranjo-te um programa semanal, para limpares a tua imagem de vez!

Sócrates– Por mim tudo porreiro pá! Temos acordo!

*apertam as mãos*

Belmiro de Azevedo – Não vai resultar, o Sócrates nunca fez nada de jeito na vida

Américo Amorim – Não sejas tão péssimista. De certeza que de cortiça ao menos deve perceber, ele até já teve um ministro que disse que da margem sul para baixo era um deserto. E tinha razão! Realmente só os sobreiros é que conseguem viver naquelas condições.

Soares dos Santos – Cabrões...a quererm-me tirar do topo da lista dos mais ricos! Nem pensar que me roubam mais um negócio!

Américo Amorim – Tu? O homem mais rico? Ah ah! Deixa só o próximo número da revista Forbes sair que já vais ver quem aparece em primeiro!

Apresentadora – E foi o primeiro episódio do Tanque dos Tubarões, mas como diria aqui o Miguel Góis, "parece que o próximo é que vai ser giro"! *falando para si baixinho* Raios quem é que se lembra disto? Estou mesmo a ficar idosa...



FIM

Nota: O meu agradecimento especial ao livro "Os Donos de Portugal" pela ajuda no sentido de conhecer bem esta cambada.

Leave a Reply

Comentem pá, um bom comentário motiva a malta!

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © Os Gárgulas - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -