Popular Post

Posted by : JF


Um ex-policia num cinema de luxo (sim, também não sabia que existiam cinemas de luxo) passou-se da cabeça ao ver um homem a mandar mensagens. O filme ainda não tinha começado, estava a dar os trailers e o policia alveja o tipo no peito.
A mulher da vitima decidiu pôr a mão à frente, o que resultou no casal perder o filme, o homem faleceu e ela foi para o hospital.
Ninguém pode julgar o policia, pois sei que há muita gente em Portugal que faria o mesmo por ouvir alguém a comer pipocas, e eu pessoalmente faria o mesmo se ouvisse alguém falar durante aquela intro do pato da UCI Cinemas a voar.

E cá nos Gárgulas,  já todos alvejamos alguém, por razões mais sérias, mas já o fizemos... aliás um dos requisitos para se ser cronista neste blog é alvejar alguém. Querem partilhar as vossas histórias?

MR - Ora, não há grande história para contar, eu estava no meu estabelecimento de eleição a almoçar, e quando fui atendido, pedi a minha Coca-Cola como era costume, nisto o empregado de mesa informa-me que as Coca-Colas se haviam esgotado. Até aqui tudo bem, foi só quando ele sugeriu que eu bebesse uma Pepsi que me senti muito ofendido, e como é de esperar tirei a minha pistola do bolso e alvejei-o.

Space Aye - Engraçado... a minha vitima mais recente também foi num restaurante, pedi um gelado de baunilha, e servem-me um gelado de nata... Escusado será dizer que a minha primeira reacção foi tirar a minha arma do bolso e dar um tiro ao homenzinho dos gelados.

PVD - Tsc.. Tsc... Que falta de classe a matar pessoas... mas eu não vos ensinei nada nestes anos todos? 
Certo dia, vesti o meu casaco, sai de casa, e depois de olhar para a esquerda e para a direita e aguardar para que o sinal ficasse verde atravessei a estrada com toda a calma e classe.
Nisto encontro um antigo colega de turma que agora usava óculos. Perguntei-lhe quantas dioptrias tinha, perguntas de idoso... nisto ele responde "Eu vejo perfeitamente bem, os óculos são só para o estilo..." e acho que não preciso dizer mais nada... saco o meu tanque de guerra das costas...

Space Aye - Um tanque de guerra nas costas?

PVD - Saco o meu lança misseis das costas...

MR - Lança misseis...? pois...

PVD - Saco a minha caçadeira das costas....

JF - Caçadeira... ainda assim.... acho pouco provável...

PVD - Eu sou o PVD pá! Saco a minha pistola laser, que só com um raio é capaz de destruir um continente e alvejo o rapaz.

JF - Ah, assim sim pistola laser já acredito... agora estar pra aqui a contar histórias é que não...

PVD - Conta lá tu então a tua história meu filho...

JF - Epá, eu uma vez estava a fugir da máfia Portuguesa.

Space Aye - Máfia Portuguesa?

JF - Sim, deixa-me lá contar a história...

MR - Quanto é que lhes devias?

JF - 50 cêntimos... continuando, estava eu a fugir...

PVD - Devias-lhes 50 cêntimos? E achavam a minha história improvável, a Máfia perseguiu-te por 50 cêntimos?

JF - Deixem-me acabar... por lhes dever 50 cêntimos partiram-me as pernas.

Space Aye - Partiram-te as pernas e conseguias fugir?

JF - Epá fugi de cadeira de rodas... deixa-me terminar o raio da história... lá ia eu por montes e vales de cadeira de rodas, a descer corrimões, e a subir árvores.´

MR - Descer corrimões e subir árvores de cadeira de rodas? (MR interrompeu, mas JF continou).

JF - Até que os 20 tipos chegaram todos de Mercedes, todos do mesmo modelo, saíram de fatinho da Underblue (decidiram economizar nos fatos), apontaram-me todos as suas metralhadoras e disseram:
    "Espero que te sirva de lição, para a próxima já sabes! e agora vais ter de pagar 55 cêntimos". E foi ai que eu tirei a minha arma do bolso e disparei sobre eles todos. Não me perguntem como é que fiz, mas os 500 tipos faleceram logo.

MR - Então não eram 20 indivíduos?

Space Aye - E que razão estúpida de se alvejar alguém... alguma vez cabe na cabeça de uma pessoa, alvejar a outra em auto defesa?

PVD - Concordo com o Space Aye, fiquei muito desapontado contigo meu filho...

JF - Mas eu não os alvejei para me defender... eu alvejei-os a todos foi por não me terem passado factura do empréstimo que lhes pedi pá... é que nem uma factura simplificada se deram ao trabalho de passar.

MR - Epá, que filhos da mãe!

Space Aye - Mesmo... era matá-los a todos...






Leave a Reply

Comentem pá, um bom comentário motiva a malta!

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © Os Gárgulas - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -