Avançar para o conteúdo principal

A Criação do Mundo segundo o Evangelho de AR

Este é o primeiro capitulo do Livro da Criação Divina, escrita por mim, Apóstolo AR. Como estava aborrecido e fiquei sem ópio para fumar e já acabei com o ultimo canábi, recebi a mensagem divina que tanto esperava: Está na hora de revelar a verdade ao mundo.

Capituto 1

1 - No principio a Lagosta Sagrada criou o PVD. Ela criou-o para ser a criatura mais poderosa, o mais espetacular de todas as criaturas. Até mais espectular do que ela. E ela já era muito espetacular, e especulo que deliciosa.

2 - E como PVD queria um propósito na vida, ela criou Deus, para ele ver com drogas, para servir de entertenimento. Pois PVD precisava de algo sobre o qual falar.

3 - E eis que a Lagosta Sagrada criou os céus e a terra, pois PVD precisava de um local para descansar, e de um céu lindo para os olhos dele.

4 - A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espirito da Lagosta pairava sobre as faces das águas.

5 - Disse a Lagosta: haja luz, que está escuro demais para o meu gosto, e com certeza que o PVD precisa de luz. E houve luz.

6 - E disse a Lagosta: Haja um firmamento no meio das águas e haja separação entre águas e águas. Eu não quero o PVD a beber água salgada. E assim foi.

7 - Fez, pois, Lagosta o firmamento, e separou as águas que estavam debaixo do firmamento das que estavam por cima do firmamento. E assim foi.

8 - Chamou a Lagosta ao firmamento céu. E foi a tarde e a manhã, o dia segundo.

9 - E disse Lagosta: Ajuntem-se num só lugar as águas que estão debaixo do céu, e apareça o elemento seco. E assim foi.

10 - Chamou a Lagosta ao elemento seco terra, e ao ajuntamento das águas mares. E viu a Lagosta que isso era bom, pois o PVD estava a ficar impaciente por terra seca.

11 - E disse a Lagosta: Produza a terra relva, ervas que dêem semente, e árvores frutíferas que, segundo as suas espécies, dêem fruto que tenha em si a sua semente, sobre a terra. E assim foi.

12 - A terra, pois, produziu relva, ervas que davam semente segundo as suas espécies, e árvores que davam fruto que tinha em si a sua semente, segundo as suas espécies. E viu a Lagosta que isso era bom pois o PVD estava com fome após dois dias de criação.

13 E foi a tarde e a manhã, o dia terceiro.

14 E disse a Lagosta: haja luminares no firmamento do céu, para fazerem separação entre o dia e a noite; sejam eles para sinais e para estações, e para dias e anos; e sirvam de luminares no firmamento do céu, para alumiar a terra, pois o PVD precisa de orientação para se guiar pelo mundo, assim como estações do ano diferentes para seu entertenimento. E assi foi.

15 A Lagosta, pois, fez os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; fez também as estrelas. Fez tudo belo para criar um mundo de deleite para o PVD.

16 - E a Lagosta os pôs no firmamento do céu para alumiar a terra, para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas. E viu a Lagosta que isso era bom, pois o PVD aprovava.

17 - E foi a tarde e a manhã, o dia quarto.

18 - E disse a Lagosta: Produzam as águas cardumes de seres viventes, e voem as aves acima da terra no firmamento do céu.

19 - Criou, pois, a Lagosta os monstros marinhos, e todos os seres viventes que se arrastavam, os quais as águas produziram abundantemente segundo as suas espécies; e toda ave que voa, segundo a sua espécie. E viu a Lagosta que isso era bom, pois o PVD estava farto de vegetais e queria comer carne.

20 - Então a Lagosta os abençoou, dizendo: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei as águas dos mares; e multipliquem-se as aves sobre a terra. Pois o PVD precisará de muito alimento, portanto vocés servirão de alimento.

21 - E foi a tarde e a manhã, o dia quinto.

22 - E disse a Lagosta: Produza a terra seres viventes segundo as suas espécies: animais domésticos, répteis, e animais selvagens segundo as suas espécies. E assim foi.

23 -A Lagosta, pois, fez os animais selvagens segundo as suas espécies, e os animais domésticos segundo as suas espécies, e todos os répteis da terra segundo as suas espécies. E viu a Lagosta que isso era bom, pois PVD estava farto de comer carne branca, peixe e vegetais. Ele queria carne vermelha.

24 - E disse a Lagosta: Façamos o Homen à imagem do PVD, conforme a sua semelhança meramente fisica, pois o PVD nada mais é que minha maior criação. Assim crio os servos do PVD. Conforme o seu estatuto único, domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra, e sobretudo, domine ele sobre todo o ser humano.

25 - Criou, pois, a Lagosta o homem ã imagem do PVD; homem e mulher os criou.

26 - Então a Lagosta os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; pois o PVD precisa de servos.

27 - E disse a Lagosta: Façamos um alimento com várias formas de carnes vermelhas, com um grande pão, e coberto que queijo. Com um molho divinal a acompanhar, ou melhor dizendo: um molho lagostal.

28 - E disse a Lagosta: E chamarei a este alimento a Francesinha. E será este alimento o meu maior presente ao PVD, pois o PVD é o PVD, o único a quem darei estes presentes, este mundo, este alimento supremo.

29 - E disse a Lagosta: Agora criarei o Mal. Pois o Bem não poderá existir sem o Mal. E só havendo o Mal, poderá existir o Bem.

30 - E disse a Lagosta: Agora criarei o meu arqui-rival, e o arqui-rival do PVD, e o arqui-rival de todos os seus servos e de todos os meus filhos e das minhas filhas.

31 - Então a Lagota assim criou o Camarão, e eis que rugou pragas à sua criação mais recente, e disse: E eis que agora viverás com um único propósito na vida.

32 - E a Lagosta disse: E esse teu propósito é seres o mal deste mundo. Esse teu propósito é seres contra tudo o que é bom. Esse teu propósito é seres o maior inimigo do PVD.

33 - E a Lagosta disse: E agora, tu viverás, e tornarás-te forte. Mas um dia, tu verás que ele é mais forte tu, pois tu nada mais serás que um mero camarão chulo, comparado à sua beleza, a criação que ultrapassa o criador.

34 - A Lagosta continua: E eis que o PVD terá uma e apenas uma tarefa. E essa tarefa será escolher entre os seus servos. Escolher servos com os quais criará o melhor blog de sempre.

35 - Pois eu estou farto de encontrar nada de interessante na Internet. Apenas sites de marisqueiras alienigenas. Mete-me nojo. Disse a Lagosta.

36 - E assim foi como a Lagosta Sagrada criou o mundo como o conhecemos. Assim foi criado o mundo. Não em milhões de anos. Não em 7 dias. Mas sim em 5 dias.

37 - E agora apelo a todos vós, religiosos e não-religiosos, a prestarem culto à Lagosta Sagrada, vossa criadora, e ao PVD, vosso mestre.

38 - E apelo-vos a todos vós a prestarem culto à Francesinha, alimento sagrado. Não importa, pode até ser uma Francesinha vegetariana. Mas têm o dever de prestar culto à Francesinha.

39 - Pois não o fazerem será venerar o Abominável Camarão. O Grande Mal deste Mundo. E quem for fiel do Camarão terá lugar nas achas do Inferno.

40 - Pois quem for fiel do Camarão não terá salvação. Pois só o perdão do PVD o salvará. Só a rendição ao culto do PVD o poderá salvar. Assim, apelo a que não se deixem seduzir pelas tentações do Abominável Camarão.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porque odeio espanhóis

Se eu fosse o PVD, a resposta ao título deste post poderia ser apenas uma frase: "porque sou português".Mas como eu faço posts minimamente decentes (hein, PVD?) vou escrever mais duas ou três. A razão para eu fazer este post (além do facto de este blog já estar a ganhar baratas) prende-se com o facto de eu estar prestes a partir de férias (ou seja, contem com mais baratas pelo menos até pra semana). Férias...para Espanha, obviamente. Porque é para lá que os pobres como eu passam férias fora. No entanto, estou convencido que a viagem vai ser um martírio, uma vez que como vou de autocarro, e a minha chegada está prevista para 13 horas (não às 13h mas depois de 13 horas de viagem!). Por isso decidi levar a biblioteca de Alexandria comigo. Não foi fácil, visto que aquilo estava tudo queimado e debaixo de água, mas lá consegui pegar nuns calhamaços velhos e trazer comigo. Mas apesar de estas 13 horas parecerem muito, não me espanta. Afinal de contas, é provável que o motorista resolva…

Pornografia Portuguesa

Uma das coisas que eu tenho vindo a reparar é na falta de actores portugueses, está bem que não existe talento em Portugal muito menos na área do espectáculo, mas será que não podem aproveitar alguns actores dos caixotes do lixo (morangos com açúcar) Porque já que não existem actores de jeito nem aqueles que já andam a dever anos á cova (Nicolau Breiner). Podiam ser aproveitados os melhorezitos pois chateia imenso ir ao cinema ver um filme português, é que vocês não sabem o que isso é porque são malta fixe que não vai ver esse tipo de filmes.
O que é que vos vêm á cabeça quando pensam em filmes portugueses, é ou não é “pornografia” o que vos vem á cabeça? É não é? Eu sabia! Mas vocês têm razão, quando um filme portugues vai para o cinema pensamos logo é pornografia, mas nunca temos a certeza, por isso vamos ver aos créditos e procuramos pelo nome “Soraia Chaves” pois esse é o nome que nos tira as dúvidas, se ela entra então o filme é mesmo pornográfico.
Então lá vamos nós todos conte…

Como fazer um filho?

Em primeiro lugar, filhos assim como desculpas não se fazem/pedem, evitam-se. Vou ser sincero, comecei a escrever isto só mesmo para dizer o que disse. Se bem que esta questão faz me lembrar os copos do Mc Donald’s.Gargulista - Ter filhos anda te a fazer lembrar os copos do Mc Donald’s? Mas que raio fazes tu no Mc Donalds?Não é nada disso, refiro-me apenas a esta imagem:Já viram se os preservativos viessem com instruções do género? Eu sei que já vêm com instruções, vejam lá se percebam o que estou a tentar dizer.Tire o material para foraSe quiser fazer um filho não use isto.Acho que este tipo de instruções servem para nos chamarem de burros indiretamente. Qual é a vossa opinião a respeito disto? Precisam de instruções ou estão bem sem elas?Para quem quiser ter um filho, acho que não precisam de instruções mas só para o caso.Dê uma semente á sua mulher.Espere 9 meses.Leve-a para um hospital.Já ouvi reclamações, muitos dizem que este método não funciona muito bem, caso não resulte:Envie…