Popular Post

Posted by : Space_aye



Caríssimos, para quem anda menos informado, parece que a partir de agora temos de começar a pedir fatura de tudo aquilo que consumimos.
O orgasmo governamental pelas faturas já era conhecido dos portugueses, mas agora tornou-se numa asfixia hetero-erótrica.

JF – Não percebi nada.

Profissional da prostituição – Eu percebi. Queres que te explique?

JF – Uh......

A “lei das faturas”, que é mais uma invenção inteligente do Gaspar (o nosso Rei Mago não “escurinho” favorito), estabelece que ambos consumidor e vendedor têm responsabilidade solidária no caso do incumprimento, ou seja, lixam-se os dois se por obra e graça do Espirito Santo um fiscal descer á terra enquanto vocês pedem um café.

Claro que nem isto nem qualquer outra lei parva deste governo alguma vez vai chegar a ser cumprida, porque as pessoas já estão tão fartas do Coelho Gaspar que come as Relvas que o governo vai acabar por cair e partir uma perna.

E quando isso acontecer, já não vai parar às urgências, tem de pagar taxas moderadoras e ainda pedir a fatura. E aí é que ele vai ver como as coisas se passam cá em baixo. Vai ser um verdadeiro GF (governo fodido).

Mas até lá, sabemos que se isso alguma vez acontecer a um de nós gárgulas, isto é, se por obra e graça do Senhor aparecer um fiscal no preciso momento em que se pede um café, o mais provavel é que o azarado vá ser o JF.

JF – Dê-me um café, por favor.

Empregada do balcão – São 65 cêntimos, por favor.

JF – Foda-se...

Empregada do balcão – Desculpe?

JF – Uh, nada, nada! Tome lá e obrigado.

Fiscal – Ah ah ah, mas o que é isto, ó migo?! Então e a fatura?

JF – A quem?

Fiscal – A fatura, jovem urso! Tem que pedir a fatura.

JF – Oh homem, mas eu não quero comer nada, já almocei.

Fiscal – Jovem...a ver se nos entendemos: o individuo está a cometer uma infração fiscal passível de contra-ordenação, ao efetuar uma transação comercial sem o devido requerimento de fatura simplificada.

JF – Uh...não percebi. Pode simplificar o que acabou de dizer?

Fiscal – Posso. O senhor está multado. Dê-me o seu número de contribuinte, fachavore.

JF – Uh...eu não tenho disso. Eu não tenho rendimentos.

Fiscal – Não tem rendimentos? Como não tem rendimentos?!

JF – Não trabalho.

*dá-se uma longa pausa*

Fiscal – Já acabou de beber o café?

JF – Não...

Fiscal – Com licença.

*pega na chavena e bebe o café de penalti*

Fiscal – Pronto. Vou anotar aqui...*faz uns rabiscos no papel* - Agora se faz favor dispa as calças.

JF – Isso é obrigatório?

Fiscal – Não, era só pa ver o seu rabo.

JF – Então não.

Fiscal – Ok, boa tarde, sim?

*Vai se embora*

Enfim, vai ser só faturar! Só o papel que vamos gastar...
Eu por mim nunca pedi fatura nem despi as calças para os agentes da autoridade. E vocês, tencionam cumprir cegamente esta nova lei?

Leave a Reply

Comentem pá, um bom comentário motiva a malta!

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © Os Gárgulas - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -