Avançar para o conteúdo principal

Vai ser só faturar!



Caríssimos, para quem anda menos informado, parece que a partir de agora temos de começar a pedir fatura de tudo aquilo que consumimos.
O orgasmo governamental pelas faturas já era conhecido dos portugueses, mas agora tornou-se numa asfixia hetero-erótrica.

JF – Não percebi nada.

Profissional da prostituição – Eu percebi. Queres que te explique?

JF – Uh......

A “lei das faturas”, que é mais uma invenção inteligente do Gaspar (o nosso Rei Mago não “escurinho” favorito), estabelece que ambos consumidor e vendedor têm responsabilidade solidária no caso do incumprimento, ou seja, lixam-se os dois se por obra e graça do Espirito Santo um fiscal descer á terra enquanto vocês pedem um café.

Claro que nem isto nem qualquer outra lei parva deste governo alguma vez vai chegar a ser cumprida, porque as pessoas já estão tão fartas do Coelho Gaspar que come as Relvas que o governo vai acabar por cair e partir uma perna.

E quando isso acontecer, já não vai parar às urgências, tem de pagar taxas moderadoras e ainda pedir a fatura. E aí é que ele vai ver como as coisas se passam cá em baixo. Vai ser um verdadeiro GF (governo fodido).

Mas até lá, sabemos que se isso alguma vez acontecer a um de nós gárgulas, isto é, se por obra e graça do Senhor aparecer um fiscal no preciso momento em que se pede um café, o mais provavel é que o azarado vá ser o JF.

JF – Dê-me um café, por favor.

Empregada do balcão – São 65 cêntimos, por favor.

JF – Foda-se...

Empregada do balcão – Desculpe?

JF – Uh, nada, nada! Tome lá e obrigado.

Fiscal – Ah ah ah, mas o que é isto, ó migo?! Então e a fatura?

JF – A quem?

Fiscal – A fatura, jovem urso! Tem que pedir a fatura.

JF – Oh homem, mas eu não quero comer nada, já almocei.

Fiscal – Jovem...a ver se nos entendemos: o individuo está a cometer uma infração fiscal passível de contra-ordenação, ao efetuar uma transação comercial sem o devido requerimento de fatura simplificada.

JF – Uh...não percebi. Pode simplificar o que acabou de dizer?

Fiscal – Posso. O senhor está multado. Dê-me o seu número de contribuinte, fachavore.

JF – Uh...eu não tenho disso. Eu não tenho rendimentos.

Fiscal – Não tem rendimentos? Como não tem rendimentos?!

JF – Não trabalho.

*dá-se uma longa pausa*

Fiscal – Já acabou de beber o café?

JF – Não...

Fiscal – Com licença.

*pega na chavena e bebe o café de penalti*

Fiscal – Pronto. Vou anotar aqui...*faz uns rabiscos no papel* - Agora se faz favor dispa as calças.

JF – Isso é obrigatório?

Fiscal – Não, era só pa ver o seu rabo.

JF – Então não.

Fiscal – Ok, boa tarde, sim?

*Vai se embora*

Enfim, vai ser só faturar! Só o papel que vamos gastar...
Eu por mim nunca pedi fatura nem despi as calças para os agentes da autoridade. E vocês, tencionam cumprir cegamente esta nova lei?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porque odeio espanhóis

Se eu fosse o PVD, a resposta ao título deste post poderia ser apenas uma frase: "porque sou português".Mas como eu faço posts minimamente decentes (hein, PVD?) vou escrever mais duas ou três. A razão para eu fazer este post (além do facto de este blog já estar a ganhar baratas) prende-se com o facto de eu estar prestes a partir de férias (ou seja, contem com mais baratas pelo menos até pra semana). Férias...para Espanha, obviamente. Porque é para lá que os pobres como eu passam férias fora. No entanto, estou convencido que a viagem vai ser um martírio, uma vez que como vou de autocarro, e a minha chegada está prevista para 13 horas (não às 13h mas depois de 13 horas de viagem!). Por isso decidi levar a biblioteca de Alexandria comigo. Não foi fácil, visto que aquilo estava tudo queimado e debaixo de água, mas lá consegui pegar nuns calhamaços velhos e trazer comigo. Mas apesar de estas 13 horas parecerem muito, não me espanta. Afinal de contas, é provável que o motorista resolva…

Pornografia Portuguesa

Uma das coisas que eu tenho vindo a reparar é na falta de actores portugueses, está bem que não existe talento em Portugal muito menos na área do espectáculo, mas será que não podem aproveitar alguns actores dos caixotes do lixo (morangos com açúcar) Porque já que não existem actores de jeito nem aqueles que já andam a dever anos á cova (Nicolau Breiner). Podiam ser aproveitados os melhorezitos pois chateia imenso ir ao cinema ver um filme português, é que vocês não sabem o que isso é porque são malta fixe que não vai ver esse tipo de filmes.
O que é que vos vêm á cabeça quando pensam em filmes portugueses, é ou não é “pornografia” o que vos vem á cabeça? É não é? Eu sabia! Mas vocês têm razão, quando um filme portugues vai para o cinema pensamos logo é pornografia, mas nunca temos a certeza, por isso vamos ver aos créditos e procuramos pelo nome “Soraia Chaves” pois esse é o nome que nos tira as dúvidas, se ela entra então o filme é mesmo pornográfico.
Então lá vamos nós todos conte…

Como fazer um filho?

Em primeiro lugar, filhos assim como desculpas não se fazem/pedem, evitam-se. Vou ser sincero, comecei a escrever isto só mesmo para dizer o que disse. Se bem que esta questão faz me lembrar os copos do Mc Donald’s.Gargulista - Ter filhos anda te a fazer lembrar os copos do Mc Donald’s? Mas que raio fazes tu no Mc Donalds?Não é nada disso, refiro-me apenas a esta imagem:Já viram se os preservativos viessem com instruções do género? Eu sei que já vêm com instruções, vejam lá se percebam o que estou a tentar dizer.Tire o material para foraSe quiser fazer um filho não use isto.Acho que este tipo de instruções servem para nos chamarem de burros indiretamente. Qual é a vossa opinião a respeito disto? Precisam de instruções ou estão bem sem elas?Para quem quiser ter um filho, acho que não precisam de instruções mas só para o caso.Dê uma semente á sua mulher.Espere 9 meses.Leve-a para um hospital.Já ouvi reclamações, muitos dizem que este método não funciona muito bem, caso não resulte:Envie…