Avançar para o conteúdo principal

O lado positivo do desastre da Madeira


Para não me acusarem de fazer humor á custa da desgraça alheia, vou fazer um minuto de silêncio antes de realizar este post, como homenagem ás vitimas do desastre da Madeira…...
Space_aye (a pensar)- A vantagem de se escrever uma crónica é que nunca ninguém sabe se eu realmente fiz o minuto de silêncio...

Com certeza que neste momento há praí muita gente a chorar, a rezar pelas vitimas (PVD, eu sei que me estás a ler enquanto rezas) e a fazer as mais diversas homenagens e proferir muitos discursos e palavras de consolo ás vitimas, mas a verdade, é que, (já dizia a minha mãezinha), nós temos é que ver o lado positivo da coisa. Aqui entraria o discurso melancólico e secante do PVD acerca dos incertos desígnios de Deus, a dúvida se as vitimas não teriam merecido tal castigo, etc. Mas eu penso que existe uma foram muito mais positiva e optimista de ver este desastre, e para provar a minha teoria, contratei um comentador político excêntrico.

Space_aye – Comentador político excêntrico, que vantagens poderá o desastre da Madeira trazer para o arquipélago…ou para quem quer que seja?

Comentador político excêntrico (toma a sua dose de estupefacientes e começa a falar) – Bom, apesar das perdas materiais, humanas e o abalo psicológico que este desastre trouxe, as vantagens são muito superiores. Senão vejamos:
Em primeiro lugar, as funerárias e os centros de saúde privados irão ver os seus lucros aumentados. Isto para não falar no aumento de receitas indirecto para o governo regional, sob a forma de impostos.

Space_aye – Sim, de facto isso é um resultado positivo, mas…penso que a Madeira, sendo uma das regiões mais ricas do país não terá grandes problemas monetários, e portanto essas receitas não serão muito significativas…

Comentador político excêntrico – De facto não. Mas aí podemos ver as coisas de um outro modo. Os custos de reparações de estruturas danificadas pelo desastre serão consideráveis. Ora, isso significa que mais dinheiro vai ter de sair dos cofres do governo autónomo.

Space_aye – Sim, isso é uma coisa negativa…

Comentador político excêntrico – Não. É uma vantagem.

Space_aye – Não estou a perceber…

Comentador político excêntrico – Toda a gente sabe que o dr. João Jardim é um desgovernado. Gasta milhões em coisas absolutamente inúteis e com inaugurações de pompa e circunstância. Ora, com este desastre, os madeirenses e os continentais (que andam a ser roubados) têm a garantia de que pelo menos parte desse dinheiro vai ser investido de forma útil.

Space_aye – Hum…parece-me um argumento um pouco rebuscado…

Comentador político excêntrico – Vejamos, além do mais, o dr. João Jardim tem dinheiro mais do que suficiente para os gastos da Madeira. Naturalmente que o seu maior problema neste momento é como gastar esse dinheiro. Finalmente ele terá uma forma de o gastar, o que será com certeza um grande alívio para as preocupações deste líder tão admirado na Madeira (e também por meia dúzia de continentais…que vão passar férias á Madeira…e os que madeirenses que vão viver para o Continente…ou ficam lá só de visita…)

Space_aye – Bom, já percebemos. Mas então é só isso?

Comentador político excêntrico - Não, há ainda mais uma vantagem que o dr. Alberto João Jardim pode tirar deste desastre.
Seguindo exemplo de Hugo Chavez, que disse que o terramoto do Haiti foi provocado por um teste de armas da marinha norte-americana, o dr. João Jardim pode dizer que este desastre foi causado por José Sócrates

Space_aye – O quê? Mas em que sentido?

Comentador político excêntrico - Bom, aí há inúmeros argumentos que pode utilizar. Em primeiro lugar pode referir que as más políticas de José Sócrates afectaram a Madeira. Basta só isto para toda a gente na plateia se por aos saltos e gritar “Viva o Jão Jardin!, Viva o Jão Jardin!”. No entanto, se quiser parecer menos maluquinho, pode sempre dizer que o desastre da Madeira foi provocado pelos testes dos misteriosos submarinos que o Estado português comprou á Alemanha no tempo em que Paulo Portas era ministro. Ora ai estará a acusar simultâneamente o seu feroz inimigo Doctor Socrates e um líder de um partido da oposição de um plano maléfico para lixar a Madeira.

Space_aye - Mas porque motivo o governo faria isso?

Comentador político excêntrico – Primeiro porque tem inveja do extraordinário trabalho de Alberto João Jardim, depois como retaliação á lei das finanças regionais aprovadas pela oposição e que causaram um buraco financeiro ao Estado (como se este já não estivesse tão esburacado que até parece um queijo suíço), e por último, como retaliação ao bulling regional dos madeirenses, que dizem “fuck you” aos continentais.

Space_aye – Bem, isso é…digamos….estúpido.

Comentador político excêntrico – Hum…um bocadinho. Mas também só me pagaram para ver as coisas do lado positivo, não disseram nada acerca dos comentários serem inteligentes, acertados ou minimamente sérios.

Space_aye – Pois…está bem. Bom, e é tudo por hoje…

Comentador político excêntrico – Mas o que é isto?? Milagre!!! Estou a ver Deus!!! (começa a delirar e a fazer louquices)

Space_aye – Bem, parece que o nosso comentador se enganou e trocou a sua droga com a do PVD…enfim, onde é que estávamos? Há sim! É tudo por hoje, e não percam a próxima rubrica: Como ver o lado positivo do tiroteio no Estado da Virginia em que morreram oito pessoas.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porque odeio espanhóis

Se eu fosse o PVD, a resposta ao título deste post poderia ser apenas uma frase: "porque sou português".Mas como eu faço posts minimamente decentes (hein, PVD?) vou escrever mais duas ou três. A razão para eu fazer este post (além do facto de este blog já estar a ganhar baratas) prende-se com o facto de eu estar prestes a partir de férias (ou seja, contem com mais baratas pelo menos até pra semana). Férias...para Espanha, obviamente. Porque é para lá que os pobres como eu passam férias fora. No entanto, estou convencido que a viagem vai ser um martírio, uma vez que como vou de autocarro, e a minha chegada está prevista para 13 horas (não às 13h mas depois de 13 horas de viagem!). Por isso decidi levar a biblioteca de Alexandria comigo. Não foi fácil, visto que aquilo estava tudo queimado e debaixo de água, mas lá consegui pegar nuns calhamaços velhos e trazer comigo. Mas apesar de estas 13 horas parecerem muito, não me espanta. Afinal de contas, é provável que o motorista resolva…

Pornografia Portuguesa

Uma das coisas que eu tenho vindo a reparar é na falta de actores portugueses, está bem que não existe talento em Portugal muito menos na área do espectáculo, mas será que não podem aproveitar alguns actores dos caixotes do lixo (morangos com açúcar) Porque já que não existem actores de jeito nem aqueles que já andam a dever anos á cova (Nicolau Breiner). Podiam ser aproveitados os melhorezitos pois chateia imenso ir ao cinema ver um filme português, é que vocês não sabem o que isso é porque são malta fixe que não vai ver esse tipo de filmes.
O que é que vos vêm á cabeça quando pensam em filmes portugueses, é ou não é “pornografia” o que vos vem á cabeça? É não é? Eu sabia! Mas vocês têm razão, quando um filme portugues vai para o cinema pensamos logo é pornografia, mas nunca temos a certeza, por isso vamos ver aos créditos e procuramos pelo nome “Soraia Chaves” pois esse é o nome que nos tira as dúvidas, se ela entra então o filme é mesmo pornográfico.
Então lá vamos nós todos conte…

Como fazer um filho?

Em primeiro lugar, filhos assim como desculpas não se fazem/pedem, evitam-se. Vou ser sincero, comecei a escrever isto só mesmo para dizer o que disse. Se bem que esta questão faz me lembrar os copos do Mc Donald’s.Gargulista - Ter filhos anda te a fazer lembrar os copos do Mc Donald’s? Mas que raio fazes tu no Mc Donalds?Não é nada disso, refiro-me apenas a esta imagem:Já viram se os preservativos viessem com instruções do género? Eu sei que já vêm com instruções, vejam lá se percebam o que estou a tentar dizer.Tire o material para foraSe quiser fazer um filho não use isto.Acho que este tipo de instruções servem para nos chamarem de burros indiretamente. Qual é a vossa opinião a respeito disto? Precisam de instruções ou estão bem sem elas?Para quem quiser ter um filho, acho que não precisam de instruções mas só para o caso.Dê uma semente á sua mulher.Espere 9 meses.Leve-a para um hospital.Já ouvi reclamações, muitos dizem que este método não funciona muito bem, caso não resulte:Envie…