Avançar para o conteúdo principal

Fernando, o orgasmo em pessoa


Fernando Pessoa, esse grande e clássico escritor, tão conhecido e citado por muitos (mais citado do que conhecido, mas fica sempre bem mostrar que se é culto e se conhece as suas obras), deixou-nos uma obra consideravelmente vasta que vale a pena explorar. Pelo menos é o que acho, depois de ter sido obrigado a explora-la. Mas como curioso que sou, não pude deixar de ficar intrigado com algumas passagens de certos poemas deste indivíduo. Vejam por vocês mesmos a riqueza desta estrofe:
"Ó rodas, ó engrenagens, r-r-r-r-r-r-r eterno!". Até aqui, o quinto verso da Ode Triunfal, não vemos mais do que um motivo para nos rirmos. Mas nada de pôr em causa a profundidade desta belíssima poesia! Nas palavras de Sócrates no Parlamento, "esses risos significam ignorância, sr.deputado".
Vejamos mais á frente:
"Ah poder exprimirme todo como um motor se exprime!
Ser completo como uma máquina!
Poder ir na vida triunfante como um automóvel último-modelo!
Poder ao menos penetrar-me fisicamente de tudo isto.
Rasgar-me todo, abrir-me completamente, tornar-me passento
A todos os perfumes, óleos e calores e carvões
(...)

Eu podia morrer triturado por um motor
Com o sentimento de deliciosa entrega duma mulher possuída
Atirem-me para dentro das fornalhas!
Metam-me debaixo dos comboios!
Espanquem-me a bordo dos navios!
Masoquismo através de maquinismos!
Sadismo de não sei quê moderno e eu e barulho!

Mais uma vez, ler isto dá-me vontade de rir, mas penso logo no Sócrates e estremeço.
Através da análise destas frases restam dois "será' s":
Ou Fernando Pessoa (que é sem duvida sado-masoquista) estava numa relação sexual enquanto escrevia estes versos, ou era objectófilo.
Mas num outro poema, Pessoa deixa-nos outra pista que pode levar á descoberta da verdadeira orientação sexual do poeta. Vejamos:

(Freddie, eu chamava-te Baby, porque tu eras louro, branco e eu amava-te,
Quantas imperatrizes por reinar e princesas destornadas tu foste para mim!)
Mary, com quem eu lia Burns em dias tristes como sentir-se viver,
Mary, mal tu sabes quantos casais honestos, quantas famílias felizes,
Viveram em ti os meus olhos e o meu braço cingido e a minha consciência incerta,
A sua vida pacata, as suas casas suburbanas com jardim,
Os seus half-holidays inesperados...
Mary, eu sou infeliz...
Freddie, eu sou infeliz...
(...)
in passagem das horas - Alvaro de Campos.

Aqui está, a referência a dois parceiros amorosos, um homem e uma mulher. Ai se a Caras existisse nos anos 30...
Seja como for, quando penso no poema anterior perco a curiosidade, já que o Freddie e a Mary eram provavelmente um pente e uma cotonete. Ás vezes o melhor mesmo é não lermos revistas cor-de-rosa. Querem saber as vidas dos famosos? Peçam-lhes para vos dar um autógrafo e uma dedicatória. Nunca se sabe o que irão descobrir.

PS: Ah, e os heteronimos? Tudo para disfarçar as tendências do Nandinho! Se por acaso um dia entrarem numa máquina do tempo e forem dar com ele, façam-lhe não uma mas 5 entrevistas, para ver qual deles é que é o objectófilo! Será o Alberto Caeiro? O Ricardo Reis? O Alvaro de Campos? O Alexander Search? Ou o próprio Pessoa (a única pessoa que realmente existiu entre todas estas)?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porque odeio espanhóis

Se eu fosse o PVD, a resposta ao título deste post poderia ser apenas uma frase: "porque sou português".Mas como eu faço posts minimamente decentes (hein, PVD?) vou escrever mais duas ou três. A razão para eu fazer este post (além do facto de este blog já estar a ganhar baratas) prende-se com o facto de eu estar prestes a partir de férias (ou seja, contem com mais baratas pelo menos até pra semana). Férias...para Espanha, obviamente. Porque é para lá que os pobres como eu passam férias fora. No entanto, estou convencido que a viagem vai ser um martírio, uma vez que como vou de autocarro, e a minha chegada está prevista para 13 horas (não às 13h mas depois de 13 horas de viagem!). Por isso decidi levar a biblioteca de Alexandria comigo. Não foi fácil, visto que aquilo estava tudo queimado e debaixo de água, mas lá consegui pegar nuns calhamaços velhos e trazer comigo. Mas apesar de estas 13 horas parecerem muito, não me espanta. Afinal de contas, é provável que o motorista resolva…

Pornografia Portuguesa

Uma das coisas que eu tenho vindo a reparar é na falta de actores portugueses, está bem que não existe talento em Portugal muito menos na área do espectáculo, mas será que não podem aproveitar alguns actores dos caixotes do lixo (morangos com açúcar) Porque já que não existem actores de jeito nem aqueles que já andam a dever anos á cova (Nicolau Breiner). Podiam ser aproveitados os melhorezitos pois chateia imenso ir ao cinema ver um filme português, é que vocês não sabem o que isso é porque são malta fixe que não vai ver esse tipo de filmes.
O que é que vos vêm á cabeça quando pensam em filmes portugueses, é ou não é “pornografia” o que vos vem á cabeça? É não é? Eu sabia! Mas vocês têm razão, quando um filme portugues vai para o cinema pensamos logo é pornografia, mas nunca temos a certeza, por isso vamos ver aos créditos e procuramos pelo nome “Soraia Chaves” pois esse é o nome que nos tira as dúvidas, se ela entra então o filme é mesmo pornográfico.
Então lá vamos nós todos conte…

Como fazer um filho?

Em primeiro lugar, filhos assim como desculpas não se fazem/pedem, evitam-se. Vou ser sincero, comecei a escrever isto só mesmo para dizer o que disse. Se bem que esta questão faz me lembrar os copos do Mc Donald’s.Gargulista - Ter filhos anda te a fazer lembrar os copos do Mc Donald’s? Mas que raio fazes tu no Mc Donalds?Não é nada disso, refiro-me apenas a esta imagem:Já viram se os preservativos viessem com instruções do género? Eu sei que já vêm com instruções, vejam lá se percebam o que estou a tentar dizer.Tire o material para foraSe quiser fazer um filho não use isto.Acho que este tipo de instruções servem para nos chamarem de burros indiretamente. Qual é a vossa opinião a respeito disto? Precisam de instruções ou estão bem sem elas?Para quem quiser ter um filho, acho que não precisam de instruções mas só para o caso.Dê uma semente á sua mulher.Espere 9 meses.Leve-a para um hospital.Já ouvi reclamações, muitos dizem que este método não funciona muito bem, caso não resulte:Envie…